Centro Cultural Fiesp

O Bardo e o Banjo - Homepath

A arte que vem da rua

A musicalidade vibrante, a batida quebrada, requebrada, compassada, descompassada, original. Uma surpresa em cada esquina e a cada encontro a céu aberto, em cada verso uma canção. A canção da cidade com suas avenidas e seus passeios públicos.

No dia 20/8, o grupo faz uma imersão no universo popular do folk norte-americano e do bluegrass, nascido nas ilhas britânicas. Desde os primeiros acordes de banjo até as últimas arcadas de violino, o grupo passeia pelo tempo e pela tradição, levando ao palco a alegria, o vislumbre e a interação, além do conhecimento de uma cultura diferente, interessante e atraente. O carisma e a espontaneidade de cada integrante da banda se harmonizam numa vibração positiva transformando a performance numa grande e inusitada festa. Na origem do ritmo está a característica de revezamento dos instrumentistas em solos e improvisações, cada um a seu tempo enquanto os demais o acompanham. Esta modalidade jazzística mais aberta, rústica e descontraída permite dizer que nenhuma destas canções se repetirá, mesmo se tocadas várias vezes seguidas, porque há uma assinatura musical em cada apresentação.

 

Ficha Técnica
Banjo, bumbo-mala, tambourine e voz: Wagner Creoruska Junior | Mandolin, tin whistle, caixa e voz: Marcus Zambello | Violino e voz: Peter Harris | Contrabaixo e voz: Maurício Pilcsuk

Popular, 60 min.

 

 

O Bardo e o Banjo

Onde é que fica?

Ver mapa